• Festina Lente

Pablo Picasso: olhar sobre vida e obra de um artista longevo

Atualizado: 13 de Mar de 2020

Poucos artistas produziram tanto, em tão diferentes meios, em ritmo tão intenso quanto Pablo Picasso.


A exposição Picasso and Papers na Royal Academy, em Londres, em cartaz até dia 13 de abril de 2020, desdobra-se em várias exposições dentro de uma.


Seu gênio e curiosidade quanto ao mundo e aos meios: óleo, cerâmica, bronze, fotografia, teatro, livros e, sobretudo, papel ocupam muitas salas neste prédio belíssimo.


Passear pelas salas nos mostra sua maneira de criar, procurando, achando, refinando, torcendo, decompondo, revirando um assunto, seja ele o touro, o Minotauro, a mulher – especialmente a que estava apaixonado no momento – uma guitarra, um peixe, um fauno.


De um desenho de uma pomba feita aos 9 anos, até um autorretrato onde se representa como uma caveira aos 90 anos a exposição evidencia, segundo o artigo do The Guardian, as múltiplas transformações que ele imprimiu na sua arte evidenciando de forma completa e absoluta a sua enervante vitalidade, ousadia e confiança.


Meu olhar sobre esta exibição se fixou na última sala.


Entre abril e agosto de 1968, aos 86 anos, Picasso produziu 66 chapas de impressão para o Livro de Fernando de Rojas La Celestine.


O vigor com que trabalhou, a força das gravuras e o espírito de criação estão lá, intocados pelo tempo.


Picasso morreu aos 91 anos em 1973.


Texto por Martha

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo